HPE OneSphere
Navigation
Topo

Investimentos não financeiros para se tornar um milionário

Quem é que nunca pensou em como seria ter seu nome relacionado naquelas listas de pessoas mais ricas do mundo? Ou já não sonhou ganhar na loteria, fazendo até planos mentais para a soma equivalente ao prêmio? No consenso popular, para se tornar um magnata é preciso ganhar muito dinheiro com investimentos. No entanto, esse não é o único caminho para acumular riquezas. No filme “Quem quer ser um milionário”, um jovem vence um programa de auditório usando apenas suas experiências de vida. Ou seja, prestar atenção a ambiente ao seu redor já é uma forma de fazer bons investimentos. É isso que mostra Chris Reining, investidor que aos 37 anos obteve seu primeiro milhão e parou de trabalhar. Em vez de só pensar em ganhar mais, ele ensina a importância de aprender a viver dentro de seus meios.

Assim, o primeiro ponto a ser analisado são as suas despesas atuais. Uma boa atenção aos gastos pode lhe mostrar que, antes de correr atrás de dinheiro, é possível reduzir os custos. Em seguida, Reining recomenda direcionar seus investimentos para a aprendizagem e o networking. Segundo ele, o segredo está em saber economizar, investir e desenvolver habilidades para manter o dinheiro. Confira a seguir as melhores dicas de Chris Reining para se tornar um milionário sem precisar viver atrás de dinheiro.

 

4 INVESTIMENTOS QUE NÃO SÃO APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Agilizar a tomada de decisão, desenvolver ao máximo suas habilidades, cercar-se das pessoas certas e escolher um mentor. Esses são os principais investimentos não financeiros indicados por Chris Reining para quem quer enriquecer.

 

AS DECISÕES

Se as rotinas são cada vez mais aceleradas, suas decisões também precisam ser. No entanto, não se trata de agir sob pressão e correr o risco de fazer uma escolha errada. A recomendação do investidor é a de criar padrões para agilizar suas tomadas de decisão. Em vez de perder tempo a cada dia pensando em que lugar almoçar, crie uma agenda. Estabeleça os cardápios ou restaurantes para uma semana e, depois, repita durante o mês. No caso do dinheiro, defina uma quantia e, assim que você receber seu salário, transfira o valor para algum de seus investimentos.

 

AS HABILIDADES

Entre os melhores investimentos estão aqueles em si mesmo. Ou seja, no seu desenvolvimento pessoal e profissional. Assim, qualquer coisa que melhore seus talentos vira uma oportunidade que pode lhe trazer retornos surpreendentes. Por isso, tenha como meta aprimorar e conquistar novas habilidades. Falar em público; escrever melhor; aprender design, técnicas de persuasão, uma nova língua ou estratégias de tecnologia. Essas são algumas das principais áreas em ascensão. Para conquistar seu primeiro milhão, o caminho é nunca desistir de aprender mais. Se não estiver fazendo um curso, leia um livro ou assista a um vídeo que agregue alguma coisa.

 

AS PESSOAS CERTAS

Observe ao seu redor e reflita sobre quem são as pessoas de seu convívio. Elas são inteligentes e ambiciosas? Sim? Então é hora de renovar esse círculo social. Busque conversar com pessoas talentosas. Peça opiniões e ouça seus conselhos. Para colocar em prática investimentos desse tipo, pondere dedicar pelo menos uma hora por semana. Reunir-se com pessoas talentosas para um café e um bate-papo é apostar numa oportunidade de descontração e troca de conhecimento.

 

A MENTORIA

Muitas pessoas pensam que quanto mais se trabalha, maior será a evolução de nível dentro de uma empresa. Porém, a verdadeira chave para o progresso está em demonstrar o seu valor. Para isso é possível contar com um mentor, uma pessoa em quem você possa se espelhar. A dica de Chris Reining é procurar alguém que esteja pelo menos cinco anos à sua frente na carreira. Pense em alguém acessível, que possa ouvi-lo e trocar ideias de vez em quando. Use seus encontros para tirar suas dúvidas e conversar sobre problemas e situações do dia a dia profissional. Tudo isso de forma clara e honesta.

 

Leia também:

Salário: estudo aponta qual o montante ideal para ser feliz

Como ganhar dinheiro com o Youtube (sem virar youtuber)

Tempo é dinheiro? Conheça o lado perverso desta afirmação

 

Imagem: iStock/bee32
Categorias Business Upgrade