HPE Simplivity
Navigation
Topo

Gestão: três dicas para garantir mais eficácia em suas funções

Gestão eficazCom o mercado corporativo em constante evolução, buscar novidades em sua área de atuação é fundamental. Contudo, quando o assunto envolve gestão de negócios, é muito válido recorrer a certos clássicos da administração. Enquadram-se aí as obras de Peter Drucker, um dos principais autores a difundir a arte de negociar e administrar. Segundo ele, a eficácia é uma disciplina que pode ser aprendida e aplicada por todos. Além disso, Drucker ressalta que a melhor forma de gerenciar outras pessoas é saber gerenciar a si mesmo. Essas questões são trazidas de forma muito atual no livro O Gestor Eficaz (LTC, R$ 75,90). Nele, o autor compartilha três dicas simples e fundamentais para alcançar o sucesso. Confira:

 

  1. GESTÃO DO TEMPO: OBSERVE, CONTROLE E CONSOLIDE

Segundo Drucker, o tempo é o maior ativo que se tem hoje. Por isso, quem toma nota e registra suas atividades consegue resultados muito melhores do que aqueles que não registram nada. Afinal, o que não pode ser medido, não pode ser gerenciado. Para isso, vale escrever um diário, fazer uma planilha ou até mesmo utilizar um aplicativo. O autor recomenda outros dois passos em seu “roteiro” sobre o tempo: controlar e consolidar. Assim, depois de criar um relatório completo, a regra é eliminar tarefas desnecessárias e ampliar a quantidade de atividades importantes. Ou seja, aquelas que realmente vão impactar as metas e deixar seu negócio mais próximo de seus objetivos. Já para consolidar seu tempo, Drucker sugere criar períodos de trabalho intercalados por intervalos de descanso (técnica Pomodoro). A ideia é manter o foco num único projeto pelo maior tempo possível.

 

  1. GESTÃO DAS PRIORIDADES: IDENTIFIQUE O QUE NÃO FAZER

Hoje em dia as pessoas se sentem com cada vez menos tempo, com mais atividades e mais distrações. Por isso, saber o que não fazer é tão ou mais importante do que saber o que fazer. Afinal, a eficácia das realizações é definida pela forma de administração do tempo. Assim, o gestor precisa identificar as atividades primordiais para desenvolver seu negócio, controlar, delegar e eliminar o que não é importante.

 

  1. GESTÃO DE PESSOAS: INCENTIVE A PRÁTICA DA CONTRIBUIÇÃO

O que você pode fazer para contribuir e impactar significativamente os resultados de sua organização? Entre diversas respostas possíveis está a tarefa de contribuir com o desenvolvimento de sua equipe. Invista na definição do propósito de sua organização para que todos saibam a direção de suas contribuições. Conforme Drucker, microgerenciar cada atividade de cada pessoa prejudica o desempenho da equipe. Em vez disso, ele recomenda investir nos pontos fortes de cada um. Delegar tarefas e oferecer ferramentas que possam melhorar os resultados, alvos principais de um gestor eficaz. Voltando aos pontos fortes, o autor reforça a importância de identificar no time as melhores habilidades. Além de facilitar a distribuição das tarefas, a atitude ajuda a qualificar a realização do trabalho e investir em produtividade. Faça do seu ponto forte o seu diferencial – e busque pessoas melhores que você para fazer as demais tarefas.

 

Leia também:

Ferramentas de gestão: 25 estratégias para seu negócio

Gestão da Correria: menos retrabalhos e saúde em dia

Inteligência Artificial na gestão: 10 recursos para os negócios

Empowerment: um estilo de gestão ágil e descentralizado

 

Imagens: 1. iStock/Andranik Hakobyan | 2. LTC/Divulgação
Categorias Business Upgrade