HPE OneSphere
Navigation
Topo

Ao estilo CSI: genealogia e Big Data ajudam polícia americana

Genealogia é a ciência que estuda a origem, a evolução e a disseminação das várias gerações de uma família. Geralmente, o primeiro contato com esse conceito ocorre na escola, quando as crianças são incentivadas a desenhar sua árvore genealógica. Com o passar do tempo e o avanço da tecnologia, a internet também virou uma aliada nesse processo. Atualmente, diversos sites dedicados à genealogia reúnem informações e servem como verdadeiros acervos globais de DNA. A partir deles, é possível fazer descobertas históricas, culturais e familiares – e agora, ao melhor estilo CSI, também criminais. Recentemente, essa ciência ajudou a polícia dos Estados Unidos a encontrar e prender um assassino procurado há quatro décadas.

Joseph James DeAngelo, 72 anos, é acusado de cometer estupros e homicídios nas décadas de 1970 e 1980. Um dos assassinos em série mais famosos da história do país, até então era conhecido apenas como Golden State Killer. DeAngelo agiu num período anterior ao das redes sociais e às pesquisas do Google. Mesmo assim, foi a tecnologia que o levou à cadeia, graças à combinação da genealogia e Big Data.

 

A CONTRIBUIÇÃO DA GENEALOGIA ALIADA À TECNOLOGIA

Fragmentos de DNA encontrados nas cenas dos crimes foram armazenados pela polícia durante anos. Mais recentemente, o mesmo perfil genético foi conectado a um banco de dados online relacionado à genealogia. Normalmente, os sites de genealogia que reúnem informações de DNA dos usuários só liberam acesso aos dados com solicitação judicial. Porém, diferentemente das plataformas tradicionais, o banco de dados em questão é uma plataforma aberta, sem restrições de privacidade. Assim, com a ajuda de dados de domínio público, a polícia conseguiu localizar parentes distantes de DeAngelo. Conforme a polícia, o passo seguinte foi encontrar uma pessoa com idade correspondente à do suspeito. E, ao comparar o DNA armazenado com o perfil completo de DeAngelo, as autoridades solucionaram o caso.

 

Leia também:

“Humanos não sabem tomar decisões”, afirma especialista em Big Data

Polícia de Dubai terá frota de motos voadoras da Hoversurf

Estudantes criam app que ajuda vítimas de tráfico humano

Canadá testa ferramenta de Inteligência Artificial para prevenir suicídio

 

Foto: iStock/CIPhotos
Categorias Drops