HPE OneSphere
Navigation
Topo

Cape Networks é a mais nova integrante da família HPE

Oferecer a seus clientes uma ferramenta simples, proativa e independente para medir e monitorar SaaS, aplicativos e serviços de rede. Esse é o principal objetivo da HPE com a aquisição da startup sul-africana Cape Networks. A empresa utiliza sensores da Internet das Coisas (IoT) para monitorar e otimizar redes wi-fi. Por conta disso, será integrada à Aruba, outra empresa da HPE especializada em soluções de rede de dados. A ideia é utilizar a Cape Network para expandir ainda mais os recursos da Aruba. E, também, ajudar o setor de TI a antecipar-se aos problemas, tomando providências antes que eles ocorram.

De forma mais específica, a nova aquisição da HPE complementará a solução Aruba NetInsight. Combinadas, tais tecnologias oferecerão análise e garantia abrangentes baseadas em Inteligência Artificial. Tudo para que os clientes possam se adaptar rapidamente às mudanças nos ambientes – sejam de usuário, dispositivo, aplicativo ou rede. A ideia é aproveitar ao máximo a energia de uma startup somada aos recursos de uma gigante com a HPE.

Nos últimos anos, a empresa tem tomado medidas para concretizar sua visão de sistemas de TI autônomos. A intenção é melhorar o desempenho, reduzir as interrupções e simplificar significativamente o gerenciamento de TI para os clientes. Tudo isso impulsionado pela Inteligência Artificial. Neste contexto também somaram-se aquisições como Niara e Nimble Storage, por exemplo.

 

A MELHOR EXPERIÊNCIA COM A CHANCELA DA HPE

A aposta é que a união de Cape Networks e Aruba proporcione a melhor experiência do setor ao usuário final. Isso porque permitirá que o setor de TI supere os problemas de qualidade de serviço antes mesmo que eles ocorram. Além disso, possibilitará reduzir tanto o tempo empregado para solucionar problemas quanto o custo das operações. Para tanto, os times de TI contarão com insights apresentados num painel simples e intuitivo.

Vive-se hoje uma proliferação de dispositivos móveis, nuvem e IoT, cuja performance tornou-se essencial para o sucesso dos negócios. Assim, diagnosticar a disponibilidade dos aplicativos e o desempenho dos serviços de missão crítica de forma proativa é fundamental.

Conforme a HPE, a Cape Network também fortalecerá e diferenciará ainda mais a Aruba Mobile First Architecture. Tudo por meio de uma abordagem simples e intuitiva, mas também poderosa, para otimizar a experiência do usuário final.

Essa automação baseada em IA agregada ao portfólio da Aruba potencializa seu nível de inovação na era da rede autônoma. Afinal, ela fornece à TI toda a agilidade necessária para se afastar das tarefas manuais e repetitivas. E, ao mesmo tempo, disponibiliza maior atenção aos novos serviços para atender às necessidades variáveis ​​dos negócios.

 

Ilustração: Cape Networks/Reprodução
Categorias Feed