HPE Simplivity
Navigation
Topo

Websérie enfoca ciberataques perpetrados via impressora

Frente a ciberataques cada vez mais frequentes, as equipes de TI precisam atentar para todas as possíveis fragilidades da rede. Computadores com avançados recursos de privacidade, firewalls e servidores superseguros são partes da equação. Soluções para BYOD e Internet das Coisas também são importantes, assim como uma estratégia de backup apropriada. Mas hackers não costumam entrar pela porta da frente, é claro. Eles buscam vulnerabilidades que possam passar despercebidas – como impressoras. E a websérie The Wolf, com Christian Slater no papel principal, trata exatamente disso.

A história gira em torno do “Lobo” – um hacker que explora tais brechas para invadir o sistema de uma empresa. Produzido pela HP, o seriado tem direção de Lance Acord, responsável pela fotografia de filmes como Quero Ser John Malkovich. Já a edição ficou a cargo de Kirk Baxter, ganhador de um Oscar por seu trabalho em A Rede Social.

Em The Wolf, uma companhia financeira sofre ciberataques de uma ameaça fantasma. Para driblar a segurança digital, o protagonista procura vulnerabilidades no negligenciado parque de impressão, conquistando acesso à rede. A escolha de Slater para o papel, aliás, não parece casual. Afinal, ele também encarna o pai do hacker Elliot na série Mr. Robot.

 

 

IMPRESSORAS x CIBERATAQUES

The Wolf é uma estratégia da HP para divulgar os recursos de segurança exclusivos embarcados em suas impressoras profissionais. Mas a websérie também joga luz sobre um assunto que nem sempre é tratado com a devida diligência. Impressoras, afinal, percorreram um longo caminho até se tornarem os verdadeiros computadores que são hoje. No passado, podem ter sido dispositivos “burros”, que apenas recebiam informações via USB (ou cabo paralelo, há mais tempo ainda). Mas, atualmente, são valiosos ativos de hardware, com processador, software e plena conectividade. Estão permanentemente ativas na rede das empresas, constituindo potencial vulnerabilidade – exatamente como um PC ou dispositivo móvel. Por elas transitam as mais diversas informações da companhia, como balanços, memorandos e outros dados confidenciais. Acessá-los indevidamente pode ser de grande valia para um agente mal-intencionado – e altamente danoso à organização. Conforme preconizado em The Wolf, “se você não levar a sério a segurança de sua impressora, outra pessoa pode levar”.

Com duração média de dois minutos, os episódios de The Wolf estão disponíveis no canal da HP Brasil no Youtube. Para mais informações sobre segurança da informação, não deixe de conferir este artigo também.

 

Imagens: HP/Divulgação
Categorias Optimize