HPE OneSphere
Navigation
Topo

O departamento de TI como catalisador de negócios

Por Felipe Goulart*

Vivemos numa era em que a diferenciação dos negócios de varejo está ligada diretamente à experiência do cliente, que por sua vez está cada vez mais exigente. Na antiguidade, os produtores que vendiam em feiras livres costumavam embelezar seus artigos para que se tornassem mais atrativos aos clientes. Muitas dessas técnicas de “embelezamento” já foram utilizadas ao longo do tempo. Restam aos varejistas, nos dias atuais, inovar por meio da tecnologia. Eis que surgem desafios para a TI – trabalhar de forma estratégica a fim de habilitar o negócio para crescer e se diferenciar. Dentre algumas das soluções através das quais o setor de Tecnologia da Informação pode ajudar o negócio, cito especialmente as seguintes:

 

1. Tempo de resposta ao mercado

O mercado muda rapidamente, e responder aos requerimentos de negócios de maneira alinhada à estratégia de negócios é um grande desafio para os gestores de TI. Cabe a estes apresentar soluções robustas, que assegurem velocidade e disponibilidade ao negócio. E, também, flexíveis, possibilitando ajustar o caminho à medida que o mercado demanda novas soluções.

 

2. Tecnologia como acelerador dos negócios

A tecnologia pode ser empregada em diversas áreas do negócio. Seja para monitorar os padrões de consumo dos clientes, controlar a operação logística e reduzir filas no ponto de venda. Também é possível utilizá-la para analisar melhor o crédito, comprar com mais precisão ou reduzir gastos operacionais. A tecnologia é cotada como um diferencial para agregar velocidade ao negócio.

 

3. Canais unificados de comunicação

A tecnologia também é um poderoso agregador quando o assunto é comunicação. O universo de redes sociais, atendimento via bate-papo em sites corporativos, robôs interagindo com humanos. Operações realizadas com ferramentas de comunicação instantânea, entre tantos outros meios. Mas, em vez de ajudar,  atuar em tantos canais de forma homogênea pode acarretar ao negócio um grande problema.

Pensando nisso, um grande desafio para a TI é unificar tais canais, implementando a estratégia conhecida como Omni Channel. Independentemente do canal de comunicação que o cliente escolher para entrar em contato com a empresa, ele possa receber o mesmo padrão de atendimento, com todas as informações unificadas. E, por conseguinte, maior possibilidade de conversão desse contato em uma venda. Inúmeras outras estratégias para diferenciação e inovação podem ser atreladas ao negócio. O departamento de TI precisa estar “fora do aquário” para entender as necessidades da empresa e saber o que o mundo lá fora apresenta em termos soluções.

 

*Felipe Goulart é gestor de Infraestrutura de TI da rede de Farmácias São João

Foto: iStock/Jirsak
Categorias Opinion