HPE OneSphere
Navigation
Topo

Foguete reutilizado da SpaceX lança satélite secreto dos EUA

Com o projeto ambicioso de colonizar Marte e viabilizar viagens ao espaço para pessoas comuns, o bilionário Elon Musk comemorou recentemente a estreia de sua SpaceX no lançamento de um satélite para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Chamado de Falcon 9, o foguete colocou em órbita, no início deste mês, o satélite NROL-76. De acordo com o canal de TV WFTV9, trata-se de um dispositivo espião que estará a serviço do Escritório Nacional de Reconhecimento norte-americano (NRO) a fim de detectar potenciais ameaças à segurança dos EUA, acompanhar terroristas e controlar o desenvolvimento de armas nucleares.

 

Foguete da SpaceX

 

O lançamento de uma carga militar secreta representa uma nova fase nos contratos entre empresas privadas e o Pentágono. Outro marco que faz o Falcon 9 entrar para a história é o fato de ser o primeiro foguete reutilizado lançado ao espaço. Antes de transportar o satélite espião NROL-76, o foguete da SpaceX foi utilizado para colocar um satélite de telecomunicações em órbita. Após cumprir a tarefa, o Falcon 9 retornou à Terra, onde aterrissou com sucesso numa plataforma (confira no vídeo a seguir).

 

 

A SpaceX já realizou várias experiências bem-sucedidas com lançamento de foguetes que retornam à Terra depois de lançar sua carga em órbita e, agora, possui outros contratos fechados com a Força Aérea Americana para lançamento e colocação de satélites de GPS na órbita terrestre.

 

RECICLAR É PRECISO

Foguete da SpaceXA cada lançamento, a parte mais cara do foguete, chamada de booster, costuma ser descartada. Para se ter uma ideia real dos custos de uma operação dessas, basta imaginar que, a cada voo, um avião seja jogado fora. Assim, os foguetes reutilizáveis da SpaceX surgem com grande potencial de baixar drasticamente os custos das viagens do gênero. Além disso, a inovação também deve contribuir para acelerar o ritmo da exploração espacial.

Além da SpaceX, Elon Musk comanda atualmente a Tesla – montadora de veículos elétricos – e uma desenvolvedora de painéis solares chamada SolarCity. Segundo o empresário, todas as companhias “fazem parte de um grande plano para a sobrevivência da humanidade”. Recentemente, o empresário criou também uma empresa de perfuração do solo, com o objetivo de construir, no futuro, uma malha de túneis subterrâneos para aliviar o trânsito nas grandes metrópoles.

 

Fotos: Divulgação/SpaceX

Categorias Drops