HPE Simplivity
Navigation
Topo

Sharkbanz: um wearable para surfistas que afasta tubarões

Ataques de tubarões podem não ser tão comuns no Brasil, mas surfistas e mergulhadores locais também vão saudar esta novidade. Seja para encarar regiões mais perigosas ou redobrar o cuidado em águas tupiniquins, um dispositivo vestível é a nova sensação. Conquistando adeptos entre banhistas e fãs de esportes aquáticos em geral, o gadget promete afastar tubarões graças a ondas eletromagnéticas.

Após ter um amigo atacado pelo rei dos mares, o norte-americano Nathan Garrison decidiu trabalhar num “repelente eletrônico”. Com auxílio do pai, o inventor acabou desenvolvendo a Sharkbanz – uma pulseira supostamente capaz de afastar os predadores. A criação foi baseada em estudos científicos sobre os efeitos das ondas eletromagnéticas em tubarões. Conforme as pesquisas, tais frequências conseguem, de forma segura, manter os animais distantes de áreas específicas.

 

TESTES COM TUBARÕES

Testado com diferentes espécies, no intuito de garantir sua eficácia como mediador entre pessoas e tubarões no oceano, o gadget foi oficialmente lançado nos EUA em 2015. Nesses dois anos de mercado, já superou a marca de 45 mil unidades comercializadas, comprovando a força do nicho.

Em seu website para o Brasil, a Sharkbanz enfatiza o compromisso assumido com três princípios: simplicidade, estilo e acessibilidade. Segundo a empresa, o foco nesse trinômio durante o desenvolvimento do produto torna-o ideal para qualquer pessoa.

tubarõesAlém da promessa de resguardar banhistas e desportistas aquáticos, a Sharkbanz atua na proteção da fauna marinha e do próprio oceano. Para tanto, 3% dos lucros provenientes das vendas são doados a organizações e projetos de preservação ambiental. A ideia é apoiar ações para erradicar a pesca de tubarões, evitar novas perfurações de poços petrolíferos no mar e ajudar na recuperação e proteção dos ecossistemas marinhos.

 

Fotos: Divulgação/Sharkbanz
Categorias Lifestyle