HPE Simplivity
Navigation
Topo

Luminosos de Piccadilly Circus adaptam-se ao perfil do público

Pesquisar algo na internet e, ao abrir o Facebook, encontrar o anúncio de um produto correlacionado já é usual. Até mesmo conversas próximas ao smartphone podem ser usadas pela inteligência artificial para refinar o direcionamento de publicidade ao usuário. Mas esse tipo de personalização agora está ganhando as ruas – como nos luminosos de Piccadilly Circus, em Londres. 

Recentemente atualizado, o imenso telão no coração da capital britânica tornou-se capaz de “enxergar” quem passa por lá. E pode, consequentemente, analisar seu público em tempo real para oferecer anúncios mais relevantes. Por meio de câmeras, a megatela analisa os veículos que circulam por ali, identificando, por exemplo, marca, modelo e cor. O sistema também observa os pedestres, classificando-os por gênero, faixa etária e até emoções, graças ao reconhecimento de expressões faciais. A partir disso, a publicidade é personalizada, sendo exibida de acordo com o perfil de quem passa por Piccadilly Circus. 

 

PICCADILLY CIRCUS: MAIS QUE UM CARTÃO POSTAL 

Ultrapassando 600 metros quadrados, os novos luminosos espalham-se por um total de seis telas gigantes, que exibem diferentes anúncios. Um dos mais famosos cartões postais de Londres, a megatela recentemente ficou apagada por alguns meses para reforma. Além de maior definição de imagem, a nova plataforma inaugurou o sistema inteligente capaz de personalizar as mensagens publicitárias. Responsável pelo projeto, a empresa Landsec conta que esse tipo de tecnologia já é adotada também em lugares como Tóquio. 

 

piccadilly circus

 

Há quem considere desconfortável esse tipo de ferramenta. Para os críticos, a veiculação dos anúncios também em mídia externa prolonga e reforça o sentimento de “perseguição” aos consumidores. Afinal, fica evidente que a tecnologia observa a todos, permanentemente, registrando o que dizem, pesquisam e consomem. Um grande Big Brother de inteligência artificial. Ao mesmo tempo, há quem celebre esse tipo de inteligência pelo mesmo motivo. Com a personalização, afinal, os anúncios tornam-se mais relevantes. Em vez de uma invasão, analisam os entusiastas, trata-se do oposto, pois as ofertas respeitam interesses do usuário. 

Coca-Cola, Hyundai, Samsung e L’Oreal são algumas das marcas presentes nos luminosos de Piccadilly Circus. 

 

Fotos: 1. iStock/PhotoLondonUK | 2. StockSnap/Pixabay
Categorias Drops