HPE OneSphere
Navigation
Topo

Larva que come plástico pode virar aliada contra a poluição

Enquanto declaramos guerra contra a traça, pesquisadores descobriram um bom motivo para instaurarmos a paz com um destes insetos. Diferentemente da traça comum, vilã de livros e roupas, a traça-do-favo-de-mel é uma importante aliada do meio ambiente. Isso porque, além de alimentar-se da cera das colmeias de abelhas, ela é capaz de degradar polietileno. A espécie foi analisada por pesquisadores do CSIC (Conselho Superior de Pesquisas Científicas – Espanha) e da Universidade de Cambridge, Inglaterra. Eles descobriram que a larva que come plástico quebra as ligações químicas do material mais ou menos como digere cera. Além disso, a traça-do-favo-de-mel seria mais rápida que as bactérias capazes de digerir garrafas PET identificadas no Japão.

 

larva que come plásticoGALLERIA MELLONELLA: A LARVA QUE COME PLÁSTICO

Por ano, cerca de 80 milhões de toneladas de polietileno são produzidas no mundo. Esse tipo de plástico, comum em material hospitalar e embalagens domésticas, leva cerca de 50 anos para se decompor na natureza. Por outro lado, em menos de uma hora, a Galleria mellonella pode fazer vários buracos numa sacolinha de supermercado.

Para o bioquímico Paolo Bombelli, um dos pesquisadores do estudo, a lagarta é o ponto de partida. Ainda é preciso descobrir mais detalhes sobre como ocorre o processo de digestão da larva que come plástico. Em seguida, a expectativa dos pesquisadores é encontrar uma solução técnica para minimizar o acúmulo de resíduos no meio ambiente.

larva que come plásticoBombelli e Federica Bertocchini, da Espanha, querem desvendar o processo químico por trás da degradação natural do plástico. Para eles, os micróbios da larva que come plástico também devem desempenhar um papel importante na digestão do material. Agora, a próxima etapa é planejar uma maneira viável de usar essa traça na luta contra a poluição. A descoberta pode ser a solução para salvar oceanos, rios e quase todo o meio ambiente.

 

Fotos: 1. iStock/Sabatelli | 2/3. César Hernandez/CSIC
Categorias Drops