HPE OneSphere
Navigation
Topo

Cinco perguntas para Gustavo Caetano, CEO da Samba Tech

Fundador da Samba Tech – startup eleita por três vezes nos Estados Unidos como uma das 100 empresas mais inovadoras do mundo –, Gustavo Caetano já foi apontado como uma das dez pessoas mais influentes no Linkedin brasileiro (2016) e entre as quinze personalidades mais influentes no País segundo a QG Magazine (2015). Fundador da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), Caetano é conhecido por levantar a bandeira do empreendedorismo nacional e já foi referido como “o Mark Zuckerberg brasileiro” pelo site Business Insider. Recentemente, lançou o livro Pense Simples. Algumas palavras e mantras são pilares de sua trajetória até o momento: escalabilidade, inovação, empreendedorismo, Power to the Edges e Fail Fast Strategy. Nesta sessão de cinco perguntas proposta pelo portal IT Management, confira algumas dicas do CEO da Samba Tech:

 

Gustavo Caetano - CEO da Samba Tech

 

  1. Fale-nos sobre empreendedorismo e a busca por ação e execução.

Sempre acreditei que, quando se quer alguma coisa que ainda não existe, esse desejo representa uma demanda e, possivelmente, um mercado. Além disso, aprendi a enxergar problemas pequenos e buscar soluções imediatas. Para que isso aconteça, os princípios básicos são pensar simples e executar com agilidade. No meu livro Pense Simples, procurei mostrar como é possível para qualquer pessoa aplicar algumas estratégias no seu dia a dia. Entre elas, está a questão do foco. É muito importante definir o que você faz, mas mais importante do que isso é saber o que você não faz. Para quem quer saber mais, deixo o meu convite para que os leitores do Portal IT Management adquiram o livro Pense Simples, disponível nos principais sites e livrarias.

 

  1. Que tendências você vê no Brasil e onde estão as oportunidades para empreender?

Acredito que a “netflixzação” seja a nova tendência no mercado online. O formato permite que as empresas ofereçam conteúdo premium em vídeo a seus clientes num modelo de negócio com assinatura mensal. Para mim, esse fenômeno acontece porque o consumidor quer pagar e assistir aquilo que realmente interessa e é relevante. Ninguém quer perder o pouco tempo que tem em buscas eternas ou ser bombardeado por conteúdos que não sejam de seu interesse. A tendência é de ter cada vez mais consumidores que abracem essa fatia de mercado, bem como empresários que invistam nesses serviços. Os empreendedores precisam ficar atentos às novas tendências e observar se há demanda.

 

  1. Na sua opinião, o que significa inovar e como um empreendedor pode fazer a diferença dentro da sua empresa?

Inovar não significa criar algo novo, que nunca tenha sido feito antes, mas, sim, desenvolver um projeto/produto para resolver determinado problema. Outro ponto importante para atingir resultados e fomentar a inovação é que os gestores precisam aprender a descentralizar o poder, ou seja, dar autonomia – do estagiário ao diretor – para que os funcionários tomem as decisões. A adoção dessa estratégia pode fazer toda a diferença no dia a dia e nos resultados alcançados.

 

  1. Onde e como você busca a inovação em seu dia a dia?

Eu leio muito, então procuro estar informado sobre o que acontece não só aqui no Brasil, mas também no mundo. A meu ver, os empreendedores de startups têm um grande propósito de inovar, que pode ser resumido em melhorar a vida de alguém, arrumar algo que não funciona e dar escala para algum produto ou serviço. Além disso, esses empreendedores tentam de alguma forma planejar menos e fazer mais.

Também procuro sempre aproveitar o poder das redes. Criar seu próprio ecossistema e terceirizar aquilo que não é a sua especialidade é essencial para dar agilidade ao negócio. Sou acostumado a usar nossos próprios clientes como fonte de inspiração, pois são eles que testam e validam cada ideia que você tem, colhendo feedbacks que podem ser replicados para outros clientes. Portanto, não tenha medo de inovar e lance suas ideias ao mercado – seja numa grande empresa ou numa startup.

 

  1. Conte-nos sobre seus próximos planos e projetos.

Em 2017, a Samba Tech continua vivendo um momento muito positivo, o que nos permite levar ao mercado muitas inovações. Acredito que esse é o ano da personalização do conteúdo, e temos desenvolvido soluções focadas nessas duas frentes. Recentemente, lançamos um aplicativo em parceria com a Tim, chamado Tim Geek, que leva aos clientes dessa operadora conteúdos exclusivos do universo dos cinemas, séries e games. Em outra frente, estamos apresentando ao mercado um produto voltado a vídeos personalizados, capaz de customizar a comunicação em vídeo com prospects e clientes. Empresas que já usam essa tecnologia estão tendo um resultado fantástico.

 

Foto: Divulgação
Categorias Ping-Pong