HPE Simplivity
Navigation
Topo

EUA poderão transformar esgoto em petróleo

Já há algum tempo, o consumo de combustíveis fósseis em larga escala tem gerado grande preocupação com previsões e estimativas sobre a longevidade do ciclo do petróleo em todo o mundo. No entanto, uma pesquisa conduzida recentemente pelo Departamento de Energia do Laboratório Nacional Nordeste Pacífco (PNNL, na sigla em inglês), apontou a viabilidade de se fabricar em questão de minutos algo que a natureza leva milhões de anos para produzir.

Segundo o PNNL, as usinas de tratamento de águas residuais dos Estados Unidos poderão, num futuro próximo, transformar o esgoto comum – ou seja, os dejetos humanos – em combustível biológico (bio-óleo ou óleo biocrude). De acordo com os pesquisadores, uma pessoa sozinha poderia gerar dois ou três galões de biocrude a cada ano.

A partir de uma tecnologia chamada de liquefação hidrotérmica, seria possível imitar as condições geológicas que a Terra usa para criar o petróleo bruto, valendo-se basicamente de alta pressão e temperatura adequada. Da mesma forma que o petróleo, o biocrude poderia ser refinado para produção de combustíveis como gasolina e diesel.

Além de resolver a inexorável falta de petróleo na natureza, o processo também ajudaria a eliminar custos com tratamento de esgoto. A primeira estação de demonstração dessa tecnologia deverá ser construída no Canadá, podendo iniciar suas atividades em 2018.

 

Foto: Divulgação/PNNL

Categorias Drops