HPE Simplivity
Navigation
Topo

Elon Musk quer usar foguetes em viagens longas entre países

As viagens de avião ajudaram a encurtar distâncias ao redor do mundo. Para comprovar, nem é preciso ir tão longe. Trajetos dentro do Brasil que exigiam dias inteiros de estrada, hoje são cumpridos em poucas horas de voo. Já os roteiros internacionais, principalmente para outros continentes, variam conforme a necessidade e a quantidade de conexões. Neste contexto, você já imaginou a possibilidade de ir a qualquer lugar do mundo em menos de uma hora? Pois esses são os novos planos do visionário Elon Musk com sua empresa SpaceX. Além de viabilizar viagens regulares para Marte, o empreendedor quer utilizar foguetes para transportar pessoas entre grandes cidades da Terra. 

A ideia foi revelada por Musk em setembro, durante participação no Congresso Astronáutico Internacional, em Adelaide (Austrália). No evento, o chefão da SpaceX falou sobre o objetivo de enviar espaçonaves de carga para Marte em cinco anos. A previsão do empresário antecipa em quase uma década as estimativas de governos e até mesmo da NASA. Seguindo seus conceitos de reutilização, Elon Musk explicou os planos para a viagem de 2022. E ainda foi além. Segundo ele, o mesmo foguete que vai a Marte poderia cumprir o trajeto de Nova Iorque a Xangai em apenas 39 minutos. E o melhor: o preço das viagens intercontinentais de foguete seria o mesmo praticado hoje por companhias aéreas. 

 

O NOVO MODELO DE NEGÓCIO DE ELON MUSK 

Duas animações publicadas por Elon Musk no Instagram mostram como deverá funcionar seu novo modelo de negócio. Antes de embarcar no foguete intercontinental, os passageiros serão enviados de barco até plataformas flutuantes, que servirão como estruturas de embarque. É nesse momento que entra em cena o BFR, o novo foguete de Musk projetado para as viagens a Marte.  

 

 

Embora menor do que modelo inicialmente previsto para a missão, o BFR manterá o posto de maior foguete do mundo. E a redução de medidas, evidentemente, permitirá que ele seja mais econômico. Além de permitir viagens super-rápidas entre grandes cidades do mundo, os voos comerciais ajudarão a monetizar as missões a Marte.  

 

Part 2

A post shared by Elon Musk (@elonmusk) on

 

Segundo Elon Musk, a ideia é lançar dois BFRs para pousar no planeta vermelho em 2022. Eles cumprirão missões robóticas de verificação de recursos naturais, análise de riscos e testes do software de controle. Se tudo der certo, em 2024 poderão ser realizadas outras quatro missões: duas de carga e duas tripuladas. Percebe-se que a SpaceX está apostando alto neste projeto e, em se tratando de Elon Musk, nada é tão impossível de acontecer.  

 

Foto e vídeos: SpaceX/Divulgação 
Categorias Drops