HPE Simplivity
Navigation
Topo

Coesão e agilidade são metas da nova gestão na HPE Brasil

Ricardo Brognoli é o novo presidente da HPE no Brasil. A novidade, anunciada recentemente, complementa uma série de mudanças colocas em prática na empresa nos últimos anos. O executivo, que já soma 17 anos de casa, assume o cargo anteriormente ocupado por Luciano Corsini.

Ricardo BrognoliApós a venda de ativos de software para a Microfocus e a fusão da divisão de Enterprise Services com a CSC, agora o principal desafio do novo presidente deverá ser o reposicionamento da HPE frente a seus clientes e canais. A proposta de Brognoli (foto) é valer-se de uma HPE mais enxuta para potencializar o foco e a agilidade nos negócios.

Destacada como um dos pilares para a estratégia da companhia, a divisão de suporte e consulting segue a atuação da empresa na área de serviço, agora rebatizada como HPE Pointnext. Além disso, o novo comandante espera fortalecer a companhia por meio da criação de parcerias, oferecendo soluções de software e hardware que complementem o portfólio. Já na área dos canais, Brognoli acredita que haverá grande investimento em treinamento e capacitação, a fim de que haja uma transformação como um todo na empresa, não somente na parte de TI. Isso vale para a forma de vender, de buscar negócios e até para as ofertas que serão apresentadas.

Por já ter atuado em diversos setores da HPE ao longo de sua trajetória profissional, Brognoli crê numa atuação mais próxima à sua equipe. No entendimento do gestor, a independência da área de Enterprise é uma oportunidade para cada vez mais coesão e agilidade.

 

Fotos: ©iStock/Pinkypills | Reprodução/LinkedIn
Categorias Feed