HPE Simplivity
Navigation
Topo

Canvas: um método de 9 etapas para prototipar sua empresa

Conceber um novo negócio não costuma ser tarefa simples. Muitos detalhes precisam ser considerados para se validar uma ideia e estruturar devidamente qualquer projeto. Provendo um mapa de cada etapa, o método Canvas é ideal para “prototipar” novos negócios ou aperfeiçoar outros preexistentes. Com essa ferramenta, é possível organizar uma empresa de forma altamente visual, guiando todo seu processo de estruturação. 

 

OS NOVE BLOCOS DO CANVAS 

O modelo Canvas oferece um mapa visual para a organização de praticamente qualquer projeto. Nele constam os pontos-chave de um plano de negócio – porém sem muita formalidade, estimulando sua utilização no dia a dia. O ideal é que esse plano seja consultado com certa frequência. Assim, os líderes do projeto podem observar se ele continua no rumo pretendido ou validar eventuais mudanças de direção. 

Os nove blocos – ou etapas – do Canvas distribuem-se em quatro grandes grupos de atenção, a saber: 

 

canvas

 

OFERTA 

1) Oferta/Proposta de valor: Nesse espaço são descritos que produtos e serviços o negócio oferece. A proposta de valor deve especificar a diferença que a empresa tem frente aos concorrentes. Ou seja: responder por que as pessoas comprariam dela e não de outra empresa. 

 

CLIENTES 

2) Segmentos de mercado. É o público-alvo. Para quem a empresa está criando e oferecendo aquele produto ou serviço. Aqui precisam ser descritos quais os clientes mais importantes para manter o negócio funcionando. 

3) Canais de comercialização. O meio utilizado pela empresa para oferecer os produtos ou serviços aos clientes. Quais canais funcionam melhor, são mais eficientes e geram menos custos? 

4) Relação com os clientes. Aqui são definidas as melhores formas de comunicação com os clientes – e como será a relação da empresa com eles. 

 

INFRAESTRUTURA 

5) Atividades-chave. O “core business”. Ou seja, as atividades mais importantes para executar a proposta de valor da empresa. O ideal é que este item não seja terceirizado, pois a empresa depende de tais atividades para existir. 

6) Recursos-chave. São os recursos necessários para que se consiga gerar valor para o cliente. Podem ser humanos, financeiros, físicos ou intelectuais. 

7) Parcerias-chave. São todas as alianças feitas que complementem de alguma maneira a empresa. 

 

FINANÇAS 

8) Estrutura de custos. Quais custos são mais importantes para o negócio e quais as consequências monetárias dos itens citados no modelo de negócio. 

9) Fluxos de receita. A forma como a empresa monetiza o negócio e ganha dinheiro. Como e quanto os clientes pagariam pelos produtos/serviços do seu negócio? 

 

Fotos: 1. iStock/g-stockstudio | 2. Business Model Canvas/Reprodução 
Categorias Business Upgrade