HPE OneSphere
Navigation
Topo

Valorize os seus desafios

Por Bel Pesce*

Tenho reparado que, na vida corrida que a gente leva, uma coisa atropela a outra. Isso faz com que acabemos não tendo tempo para curtir os momentos. Você conclui uma tarefa, depara com outra e, quando vê, não aproveitou nenhuma delas. Por isso, vou compartilhar uma experiência que tive recentemente para mostrar o que senti e como isso me ajudou, tanto no mundo dos negócios quanto no dia a dia. Há algum tempo, eu comecei a correr. Quando estava completando dois meses, pensei em criar um autodesafio. “Amanhã, para celebrar os dois meses, vou correr a maior distância que eu conseguir. Tomarei os cuidados necessários e, sem forçar, vou correr pelo tempo que puder”.

O que achei interessante foi que, já na noite anterior, aquilo tinha virado um desafio. Eu não sabia como seria, nem quanto eu aguentaria correr – o máximo que eu já havia concluído tinham sido 15 quilômetros. Naquele dia, eu corri 25 quilômetros em duas horas e quarenta e nove minutos. Foi maravilhoso! Mas quero chamar atenção para o fato de que, no dia anterior, eu estava determinada a alcançar um objetivo. Eu fiz todo o preparo. Criei uma playlist, separei barrinhas de energia, reservei o relógio. E, na verdade, tudo o que eu precisava fazer era ir a pé até o parque mais próximo da minha casa e correr.

Essa experiência me fez pensar que eu não só aproveitei o desafio, mas valorizei o processo que me levaria até ele. Com isso, comecei a trazer essa mesma mentalidade para o meu dia a dia. Antes de dormir, comecei a pensar nos desafios que teria no dia seguinte e visualizá-los como algo instigante e motivador. A partir disso, eu pararia para pensar coisas como “amanhã será o primeiro dia de trabalho de um novo funcionário” ou “amanhã lançaremos um novo produto”.

A mensagem que quero deixar é a seguinte: tente valorizar mais seus objetivos e suas tarefas. Às vezes, na pressa, não nos divertimos ou não conseguimos dar o real valor que os momentos merecem. Empolgue-se antes, durante e depois. Só assim a realização da tarefa será realmente completa.

 

*Bel Pesce é empreendedora e fundadora da FazINOVA

 

Confira aqui os outros artigos de Bel Pesce publicados no portal da Revista IT Management.

 

Ilustração: iStock/Bablab
Categorias Opinion