HPE OneSphere
Navigation
Topo

Servidor da Huawei redefine segmento de missão crítica

Primeiro servidor do mundo em sua categoria a oferecer 32 soquetes, o KunLun 9032 redefine padrões da computação de missão crítica, combinando design aberto e inovador com confiabilidade, disponibilidade e facilidade de manutenção sem precedentes. Apresentado no início deste ano pela Huawei, o sistema traz interconexão de CPUs e gerenciamento de falhas proativo RAS 2.0.

As chamadas “missões críticas” – processos essenciais cuja falha ou interrupção resultam em sérios impactos para o negócio – são uma das maiores preocupações de qualquer empresa quando o assunto é Tecnologia da Informação. Afinal de contas, ninguém quer (nem pode!) correr o risco de descobrir que um processo dessa natureza está paralisado ou operando abaixo do nível esperado. Com o crescimento das demandas corporativas em nível global, porém, cada vez mais a tecnologia precisa dar saltos para oferecer a confiabilidade exigida nas missões críticas – e o KunLun 9032, da Huawei, sintetiza de maneira exemplar os avanços nessa área: trata-se, simplesmente, do primeiro servidor x86 de missão crítica com 32 soquetes, sem economizar nos recursos de segurança, disponibilidade e manutenção.

No lançamento do KunLun 9032, em março deste ano, o representante da Huawei, Zheng Yelai, enfatizou o padrão aberto do servidor, apontando que muitas empresas estão “sufocadas” pelos sistemas fechados tradicionais, complexos e rígidos. “Em vez de dar-lhes uma vantagem competitiva, esses sistemas estão dificultando a inovação e o crescimento de suas empresas”, criticou. Segundo Yelai, o novo KunLun (que se segue aos modelos 9008 e 9016, de oito e dezesseis soquetes, respectivamente) supre essa lacuna e inaugura uma nova geração de servidores de missão crítica x86. “O KunLun usa uma plataforma aberta que atende aos rigorosos requisitos de desempenho e confiabilidade da computação de missão crítica nas empresas”, afirmou o diretor, complementando: “É o começo de uma nova era de servidores de missão crítica baseados em padrões abertos, que ajudam as empresas a melhorar sua eficiência e sua agilidade, ao mesmo tempo em que reduzem custos”.

 

RECURSOS SEM FIM

servidor de missão crítica

KunLun 9032

Com suporte a particionamento físico ou lógico e a RAID 0, 1, 10, 5, 50, 6 ou 60, o Huawei KunLun 9032 é um equipamento projetado em cada detalhe, oferecendo uma gama de recursos para garantir gerenciamento simples e confiabilidade total. Este servidor de 32 soquetes para gabinete possui 24 módulos de ventoinhas, que se distribuem em quatro grupos de oito módulos (em redundância N+1) dotados de tecnologia “hot-swap”. O KunLun 9032 tem suporte para software de gerenciamento Huawei eSight e integração com sistemas de gerenciamento de terceiros, como VMware vCenter e Microsoft System Center. Também admite interface de gerenciamento padrão como SNMP e IPMI e oferece tela de 8” touchscreen para gerenciamento local, além de KVM remoto, mídia virtual, Serial Over LAN, fonte de alimentação inteligente, controle remoto e monitoramento de hardware. Outras ferramentas incluem gerenciamento de particionamento físico integrado, PFAE (mecanismo de análise de falhas preditivo) e recursos de posicionamento preciso de falhas. O Huawei KunLun 9032 é servidor ideal para aplicações de banco de dados (Oracle, IBM DB2, SQL Server), appliances SAP HANA scale-up, HPC, Cloud Computing e virtualização.

PROCESSADOR: Intel Xeon E7-4800 V3/E7-8800 série V3
MEMÓRIA: Até 24 TB DDR4 (768 DIMMs)
ARMAZENAMENTO: Até 48 SSDs ou HDs SAS/SATA 2.5”
CONECTIVIDADE: Até 24 slots de expansão PCIe 3.0 dianteiros e até 24 traseiros; até 8 placas mezzanine LOM (GE/10 GE), cada uma com 2 x GE, 4 x GE ou 2 x 10GE
SISTEMA OPERACIONAL: Suporta Windows Server 2012, Red Hat Enterprise Linux, SUSE Linux e KunLun OS

 

PERFORMANCE E ESCALABILIDADE

Fazer frente às exigências de performance e escalabilidade em ambientes de missão crítica pode ser o primeiro desafio do gestor de TI, mas quem atua na área sabe que a preocupação com os custos também é fundamental para otimizar os resultados da empresa. Assim como seus irmãos 9008 e 9016, o KunLun 9032 possui tecnologias que prometem o melhor desempenho, máxima confiabilidade e um menor custo total de propriedade (TCO, na sigla em inglês). Confira:

  1. CONFIABILIDADE: O gerenciamento proativo de falhas RAS 2.0 protege a continuidade do negócio, permitindo manutenção online de CPU e módulos de memória sem desligamento de servidores;
  2. DESEMPENHO: A tecnologia inovadora de interconexão de CPUs excede o padrão da indústria para acelerar o crescimento da empresa. O KunLun 9032 fcou em primeiro lugar no teste de performance SPEC CPU2006, superando os benchmarks da categoria;
  3. ECONOMIA: Dentro do ecossistema x86 padrão, o novo servidor da Huawei permite um TCO 30% menor do que servidores Unix.

 

Ilustração: ©iStock.com/Tarokichi
Foto: Divulgação/Huawei

Categorias Optimize